Diversão nas férias: confira 5 brincadeiras criativas

Sueli Marciale, Diretora Assistente da Unidade Granja Vianna do Colégio Rio Branco, destaca a importância da diversão para os estudantes

Após um semestre escolar de muita dedicação, em que aprofundaram conhecimentos e aprimoraram a noção de responsabilidade, os estudantes têm uma pausa dessa rotina. As férias de julho trazem espaços muito maiores para o descanso, com maior flexibilidade de horários e, naturalmente, oportunidades para se divertir.

O momento de brincar é um direito de todas as crianças e, no recesso escolar, deve ser o principal foco dos seus dias. Nessa fase tão importante de crescimento, as famílias devem promover atividades variadas, aproveitando em conjunto o tempo de qualidade. No século XXI, é fundamental buscar programas que não dependam das telas, priorizando a criatividade e o bem-estar das crianças. 

O papel das férias

Sobre os efeitos positivos que um break da escola pode ter para a saúde mental infantil, Sueli Marciale, diretora assistente da Unidade Granja Vianna do Colégio Rio Branco, aponta: 

  • a manutenção do bem-estar;
  • o aprofundamento das relações sociais com outras crianças;
  • a convivência mais intensa com os familiares.

Todos esses benefícios são potencializados quando a família sabe aproveitar bem esse período com as atividades certas.

Brincadeiras tradicionais x tecnológicas

"Os adultos precisam se preparar para não seguir por um único caminho com eletrônicos para distrair as crianças. Devem reconhecer, também, a importância de estar ao ar livre e de explorar aquilo que a virtualidade não consegue proporcionar", afirma Sueli.  As férias trazem a oportunidade de explorar brinquedos não tão formais, que estimulam a imaginação e a própria socialização. 

5 dicas de brincadeiras para as férias

As famílias devem aproveitar as férias para sair da rotina e testar brinquedos e atividades diferentes. Além de divertidos, esses momentos estimulam a criatividade e a união entre os participantes. Confira cinco brincadeiras para o período, indicadas por Sueli: 

1 - Montar uma "galeria de arte"

Você vai precisar de um barbante e grampos de pendurar roupa. Basta fixar o barbante em uma parede (pode usar uma fita ou dupla-face), de preferência na altura da criança, para ela interagir com o mural livremente. Depois, escolham juntos os trabalhos ou desenhos que querem pendurar, a fim de os deixar em exposição.

2- Cozinhar em família

Bolo, cupcake, biscoitos ou cookies. As opções são muitas na hora de cozinhar em família, com receitas simples o bastante para o acompanhamento dos pequenos. As crianças adoram especialmente colocar a mão na massa e se sujar um pouco, como aprender a quebrar os ovos. Após isso, comer em conjunto é bastante gratificante.

3- Mímica

Nesse jogo, uma pessoa deve fazer mímica (gestos e ações) sem dizer uma palavra para que os demais adivinhem o que a pessoa está representando. A atividade é bastante antiga e demanda o exercício da criatividade, o que pode engajar pessoas de diferentes idades. As sessões podem ser divididas em categorias como personagens, objetos, animais, dentre outras possibilidades.

4- Acampamento ou piquenique

Mesmo sendo brincadeiras que geralmente são feitas em áreas externas, é possível improvisar e fazer um piquenique ou acampamento até mesmo dentro de casa. Montar um camping ou definir a alimentação de um piquenique estimulam a cooperação de todos para ter um bom resultado. Para facilitar os processos, o ideal é dividir as tarefas entre os participantes, enfatizando que, ao final, as ações individuais se tornam coletivas e são fundamentais para o resultado. Dessa forma, a imaginação e a resolução de problemas são bastante estimuladas.

5- Passa a bola

Ideal para brincar na piscina, essa brincadeira não tem limites para o número de jogadores: quanto mais pessoas, mais divertido! Em uma fila, a bola é passada de um para o outro, podendo ser por cima da cabeça e por debaixo das pernas. O último da fila deve nadar até o início e recomeçar a brincadeira até que todos voltem para a posição que estavam no começo do jogo. Para ficar ainda mais interessante, dividir-se em duas equipes permite que se comece uma competição.

Com essas cinco brincadeiras, a diversão é garantida – e o melhor, fugindo da rotina e das telas dos aparelhos eletrônicos. E aí, qual dessas indicações a sua família vai fazer primeiro nessas férias?

Comentar