Experiências docentes com o ensino remoto emergencial

Experiências docentes com o ensino remoto emergencial

O ano de 2020 ficará marcado na história e sobretudo na memória de quem está sofrendo as consequências da pandemia da Covid-19. Até então vivíamos uma vida conhecida com rotinas e dinâmicas sociais estabelecidas e de certa forma previsíveis, apesar dos inúmeros desafios enfrentados por cada um. De repente nada, ou quase nada, do que fazíamos podia continuar sendo feito do mesmo modo e tivemos de encontrar outro jeito de viver, conviver, consumir, se comunicar e essa urgência se tornou uma grande catalisadora das mudanças que estamos vendo em muitos setores da sociedade e no mundo....

Leia mais
Percursos na educação básica: um caminho a ser construído

Percursos na educação básica: um caminho a ser construído

A partir de 23 de março, em consonância com as determinações dos órgãos oficiais, reforçando o cuidado com a comunidade e apoiando a rede de ações de prevenção ao Coronavírus (Covid-19), o Colégio Rio Branco suspendeu as aulas presenciais e transferiu as relações de aprendizagem para o ensino remoto que permite dois movimentos: não abrir mão da responsabilidade pela aprendizagem dos alunos e colaborar para a saúde física da comunidade local e global....

Leia mais
Escola e família na pandemia: o ensino a distância veio para ficar?

Escola e família na pandemia: o ensino a distância veio para ficar?

Um dos maiores desafios educacionais durante o período de quarentena, sem dúvida é o estresse causado pela falta de convívio em um espaço importante de construção de conhecimentos e de socialização: a escola. O contato estabelecido com professores, amigos, funcionários nos processos de quaisquer aprendizagens são essenciais para a saúde emocional dos alunos, na fase de escolarização....

Leia mais
O aluno, o professor, o risco e a disposição para ensinar

O aluno, o professor, o risco e a disposição para ensinar

No auge do que-fazer desesperador desses tempos de pandemia, entre novas e mais outras planilhas de replanejamento, tendo que processar o excesso de informações que chegavam aos montes de todos os lados e já certa de que aquilo tudo não ia ter jeito de acabar bem (a esperança era que acabasse logo), encontrei-me imersa em um questionamento: um minuto, alto lá!...

Leia mais