11/11/2013

Grupo de Teatro Rio Branco apresenta O Mambembe e O Bem Amado

Os estudos do Grupo de Teatro Rio Branco, neste ano, sobre o teatro brasileiro deram origem a encenações de duas peças, que encantaram e divertiram o público formado por alunos, professores, familiares e convidados. "O Bem Amado", estrelado pelos alunos da Unidade Granja Vianna, e "O Mambembe", com alunos da Unidade Higienópolis, foram apresentados nas duas unidades do Colégio Rio Branco, entre os dias 29 de outubro e 08 de novembro.

Antes das apresentações, a professora do Grupo de Teatro e diretora das peças, Vanessa Bruno, explicou aos presentes o processo de estudo dos alunos sobre a história do teatro brasileiro, por meio de brincadeiras, improvisações, estudo da teoria do teatro, entre outros. O processo foi aprofundado com seminários cênicos, encontro entre unidades e com ida ao teatro para assistirem a peça de outro autor nacional, Martins Pena. Dessa forma, segundo Vanessa Bruno, os alunos puderam pensar o teatro nacional e seus autores. Na oportunidade, a professora também fez uma contextualização sobre a realidade da área artística no país.

A peça O Mambembe (1904), de Arthur de Azevedo, conta a trajetória de um grupo de teatro que enfrenta os desafios de uma temporada de apresentações pelo interior do Rio de Janeiro, em nome do amor à arte. Assim, a peça aborda questões como a relação dos artistas com o ofício e com a paixão pelo teatro, a busca por apoio financeiro para as apresentações, o papel do governo diante da cultura, entre outros temas.

A história cômica de "O Bem Amado" (1962), de Dias Gomes, gira em torno da figura de Odorico Paraguaçu, prefeito da cidade de Sucupira, que faz de tudo para inaugurar um cemitério na cidade. Para consegui-lo, o prefeito pede ajuda a diferentes pessoas e gera inúmeras confusões, com o objetivo de conseguir um defunto que inaugure sua grande construção.

As apresentações contaram com a co-direção da professora de teatro, Lívia Vilela, cenário feito pela professora de Artes, Adelaide Monteiro, figurinos do próprio Grupo de Teatro Rio Branco, iluminação de Bruno Nadur, Marcel Roxha e Julio Freire, e apoio da Monitoria, pais, professores e funcionários do Colégio Rio Branco.

 

O Bem Amado

 
 
 
 

 

O Mambembe

 
 
 
 

Agende uma visita

Entre em contato para agendarmos uma visita :-)

 
Enviar