07/06/2018

Investigação nas aulas de Química

Nas aulas de laboratório de Química do Colégio Rio Branco, os alunos do Ensino Médio vivem a experimentação por meio da investigação!

Uma aula experimental deve engajar os estudantes não só por meio de trabalhos práticos, mas, principalmente intelectual. Assim, nos últimos anos, a escola tem investido na formação de seus professores para que possam repensar os propósitos das atividades experimentais nas aulas de Química e, também, a forma mais adequada de realizá-las.

Para os professores da área de Química do colégio o conhecimento científico não surge apenas da observação de fenômenos, mas de proposições teóricas, modelos, simulações e modelagens computacionais. Sendo estes dois últimos recursos muito utilizados ultimamente. “Não basta manipular vidrarias e reagentes, antes de tudo deve-se manipular ideias - problemas, dados, teorias, hipóteses, argumentos”, destacaram os professores Patrícia Andrade da Silva e Milton Vargas.

Produtos do cotidiano, como pomadas, sucos industrializados, bebidas gaseificadas, balas de gomas, podem proporcionar um melhor entendimento e compreensão dos modelos estudados durante as aulas práticas e teóricas. Como um exemplo de uma aula prática, os alunos participaram de um processo investigativo para compreender a condutividade elétrica de diferentes materiais, a partir de simulações e atividades experimentais.

 

Galeria de fotos