07/02/2018

Aluno Paulo Nakaya foi aprovado em Química na USP, Unicamp, Unesp e UFSCar

Nas aulas de Química dos professores Patrícia e Maurílio que o aluno Paulo Gabriel Massayuki Miyake Nakaya desenvolveu sua preferência pela área. Agora, ele foi aprovado em Química na USP, Unicamp, Unesp e Universidade Federal de São Carlos.

Paulo é riobranquino desde o 5º ano do Ensino Fundamental e ao longo dos anos participou de inúmeras atividades oferecidas pela escola, que, segundo ele, o desenvolveram como aluno e como pessoa. O Grupo de Teatro Rio Branco e as simulações diplomáticas do CRBMUN, do Model Congress e do MINUONU o apoiaram na superação de barreiras, como o medo de falar em público. No Clube de Xadrez Rio Branco, ele desenvolveu a concentração, a velocidade de raciocínio e a noção de lógica. No Módulo Eletivo de Responsabilidade Ambiental, o aluno ampliou seu conhecimento de meio ambiente além de reforçar o gosto pela Química. Na expedição científica para a África do Sul, pela Operation Wallacea, Paulo destaca o conhecimento teórico aplicado na prática e as técnicas que serão levadas para sempre.

O Módulo Eletivo de Robótica, o Módulo Eletivo de Empreendedorismo, o Workshop de Cinema, o curso de Espanhol, os desafios de Matemática e de Ciências da Natureza, a Olimpíada de História, a Olimpíada de Matemática, a Monitoria e a Tutoria também foram atividades destacadas pelo riobranquino.

“Tenho dificuldade em destacar um ou alguns professores, pois todos me marcaram de alguma forma e contribuíram para formar o indivíduo que sou hoje”, contou Paulo, que deixa uma mensagem para muitos professores:
Beatriz, Marcia e Deborah: que não só me ajudaram a desenvolver minhas habilidades de redação e língua, como também me deram apoio para chegar aonde eu cheguei. Este apoio foi também dado pelos demais professores;

Marcelo, Paulo, Lucas, Ana Carolina, Ana Paula, Kate, Kátia, Isaque e Everton: o método de ensino deles me marcou profundamente, fazendo com que eu aprendesse suas respectivas disciplinas de uma maneira que me surpreendeu;

Marcos: tinha imensa dificuldade em compreender obras literárias. Tal dificuldade, todavia, foi aos poucos superada em função de suas aulas de literatura;

Tiago e Leonel: apesar do meu desempenho dizer o contrário, eu sentia dificuldade para interpretar e resolver problemas de matemática. Com as aulas, minha velocidade de raciocínio e resolução de problemas se desenvolveu;

Sônia e Júnior: línguas estrangeiras foram sempre o meu ponto fraco, mas consegui superar minhas dificuldades graças ao ensino deles.

Paulo Nakaya foi aprovado em Química na USP, Unicamp, Unesp e Universidade Federal de São Carlos