13/11/2017

Diversidade: os desafios de sala de aula

 O Colégio Rio Branco promoveu a mesa redonda “Diversidade: os desafios de sala de aula”, reunindo especialistas para discutir os aspectos emocionais e cognitivos, patologias e linguagem na infância e na adolescência. O encontro foi realizado na Unidade Granja Vianna, em 13 de novembro.

Dr Felipe Machado, psiquiatra da Infância e Adolescência, ressaltou aspectos da saúde mental de crianças e adolescentes, a importância de um trabalho preventivo e como as fases do desenvolvimento são importantes para a identificação e diagnóstico de possíveis doenças.

A psicoterapeuta e especialista em terapia cognitiva comportamental, Rafaela Machado Gualdi, apresentou os diversos transtornos que podem ser enfrentados por crianças e adolescentes, como depressão, ansiedade, déficit de atenção, entre outros, que podem ser identificados nas salas de aula, que são ambientes plurais. A especialista orientou os educadores e destacou recursos importantes, como o elogio descritivo, a definição de funções na sala de aula e a práticas do acolhimento e da empatia.


Mesa redonda “Diversidade: os desafios de sala de aula”

A fonoaudióloga e especialista em distúrbios de linguagem, Cassia Valeriano, falou sobre os transtornos de aprendizagem e a ampla diversidade linguística presente em sala de aula.

Arthur Hoverter Facchini, psicólogo e especialista em Psicologia Analítica e Técnicas Corporais, promoveu uma reflexão sobre as expectativas de felicidade e sucesso e sua preocupação com excesso de diagnósticos e psicopatológização indiscriminada.

A mesa redonda teve a mediação da orientadora educacional de apoio à aprendizagem, Carla Marquart.